FESTIVAL

Coral Educanto volta às atividades com projeto de participar em festivais nacionais

Redação 24 Horas News | 20/03/2019 09:50:45

Criado em 2016 com fins terapêuticos, o coral é formado por profissionais da Educação e tem se apresentado em eventos internos e externos

O Coral Educanto da Secretaria Municipal de Educação retomou suas atividades com ensaios às quartas e quintas-feiras. Criado em 2016 pelas Coordenadorias de Saúde do Trabalhador e Psicossocial, da Diretoria de Recursos Humanos (DRH) seu objetivo mais do que performático, é terapêutico, tendo como proposta inicial, atender prioritariamente os funcionários em readaptação de função, licença médica ou licença para acompanhamento de familiar por adoecimento.

Este ano o Coro será dividido em dois grupos, conforme a disponibilidade de ensaios dos participantes. Os ensaios acontecem no Auditório “Maestro China” da SME sempre as quartas-feiras, às 7h30 e as quintas-feiras às 13h, com duração de uma hora semanal.

A regente do Coral e Assessora Pedagógica da Coordenadoria de Formação, Eliane Castilho de Lírio explicou que qualquer funcionário da Sede pode participar. No ano passado, 34 servidores da sede compunham o Coral e, não existe a obrigatoriedade de apresentar-se por se tratar de um projeto com fins terapêuticos, para promover maior qualidade de vida aos coralistas, inclusive na saúde vocal. “Há muitos coralistas com problemas nas pregas vocais que com o trabalho de técnica vocal obtiveram um resultado positivo no tratamento”, afirma Eliane Castilho de Lírio.

Além disso, a prática do canto coral é uma das atividades que podem ser desenvolvidas dentro da musicoterapia, sendo uma importante aliada para a promoção da qualidade de vida uma vez que se trata de uma ferramenta de socialização, de relação interpessoal e afetiva, e auxiliar no desenvolvimento de potencialidades físicas e psicoemocionais, além de promover cultura no âmbito do trabalho.

“O canto coral como atividade de musicoterapia pode beneficiar as pessoas de várias formas, sejam aquelas que estejam necessitando de alívio, apoio, reabilitação ou de um tratamento preventivo e fortalecimento da autoestima. No nosso caso, essa prática vai além das questões musicais, abrangendo a prevenção e tratamento de doenças ocupacionais”, explicou Eliane Castilho.

Apresentações

O Coral já representou a SME, realizando apresentações em aberturas de eventos em várias ocasiões e, com o passar do tempo, começou a receber convites para participar em programações externas como o Natal Ambiental organizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano; na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT); e no Hospital Universitário “Júlio Müller”.

No repertório o Coral trabalha músicas da cultura cuiabana, MPB, eruditas e sacras, e também de outras culturas como africana e indígena.

Segundo Eliane Castilho, este ano, o Coral tem como uma de suas metas participar de Festivais Nacionais, principalmente dos eventos voltados para coros institucionais, além de se apresentar em eventos da secretaria e outros.