PALESTRA

Empresários nacionais ministram ciclo de palestras em Cuiabá

Jornalista Jonas Jozino | 05/10/2019 06:38:31

Wilson Poit, Manuella Curti e Artur Neves integram o time de conferencistas no dia 17 de outubro, das 17h30 às 21h30, no Buffet Leila Malouf.

 Mato Grosso recebe no dia 17 de outubro o ciclo de palestras 'Negócios em Família', ministrado por empresários que são referência nacional, entre eles, Wilson Poit, Manuella Curti e o consultor Artur Neves. O evento ocorrerá entre 17h30 e 21h30, em Cuiabá, trazendo informações que visam propiciar a profissionalização da família empresária.

 Conforme a organizadora, Cristhiane Brandão, existem inúmeras desvantagens que levam cerca de 90% das empresas familiares a não chegar à terceira geração. Um dos principais problemas está na complexidade das relações. Outros pontos negativos são a falta de disciplina e o excesso de informalidade em aspectos legais.

 
"Em razão da profundidade dos temas, trabalharemos cada um deles em palestras que abrangem os eixos fundador, sucessor e de governança, gerando conhecimento à toda empresa, desde os colaboradores aos proprietários, sócios e filhos ou sucessores, conhecer a realidade é o primeiro passo para a mudança", explica.

 
Sabe o que empresas como Volkswagen, Nike, Swarovski e Walmart têm em comum? Elas estão entre as maiores empresas familiares do mundo, o que desmistifica o conceito de que empresas familiares são pequenas e limitadas. Ainda faz pensar que as 'gigantes' um dia começaram com uma ideia e cooperação familiar.

 
'Parte da jornada é o fim, e todo fim é um recomeço'. Cristhiane, que é administradora de empresas e se dedica à área de gestão familiar há 20 anos, afirma que o mercado de Mato Grosso está iniciando sua jornada no processo de sucessão da primeira para a segunda geração. "Neste cenário, o fundador se depara com novas perspectivas sobre o futuro da empresa e o seu legado para as novas gerações".

 
Para tratar da temática do eixo fundador, que abrange desafios, caminhos e possibilidades, o evento contará com o palestrante Wilson Poit, que abordará as ferramentas ao fundador que ainda está muito apegado ao negócio, o que inclui pessoas, clientes e mercado. Poit foi escolhido porque criou novas perspectivas para si, tem uma história de vida marcada pelo empreendedorismo e a capacidade de criar e recriar.

 
"Ele vendeu seu principal negócio, algo muito raro, pois não se apegou e criou novas oportunidades para si. O motivo de sua escolha é por ter a capacidade de se renovar, de criar novos projetos, novos motivos para avançar na vida, algo essencial a fundadores que precisam de um novo projeto de vida para proporcionar a renovação do ciclo na empresa familiar".

 
Eixo sucessor

  

Manuella Curti foi escolhida para tratar da temática porque integra a segunda geração da empresa, é a filha do meio, tinha uma carreira independente do negócio da família, e de repente a vida virou, seu pai faleceu, seu irmão que estava sendo preparado como sucessor também (cerca de 6 meses depois) e ela se viu obrigada a assumir a empresa em meio a todos esses fatos.

 
"Ela narra a própria trajetória, os altos e baixos e fecha com os aprendizados, entre eles, a validação do pai, ou seja, Manuella valoriza, inclui, tem uma postura diferente de grande parte dos herdeiros/sucessores que se porta com "arrogância". Essa mensagem é importante, aproveitar o pai em vida, na empresa, na família, com sua experiência, habilidade, características, respeitando quem chegou primeiro", ensina Cristhiane Brandão.

 
Eixo governança

 
Quanto ao Artur Neves, é um conselheiro independente com experiência em empresas familiares. Ele abordará didaticamente o que é 'essa tal governança', tecnicamente, mostrando as fases, como implementar, o que um conselho decide, como funciona, enfim, irá desmistificar a Governança Corporativa para Empresas Familiares. Ele é Conselheiro pelo Instituto Brasileiro Governança Corporativa (IBGC), instituição que forma e chancela a governança no Brasil.