"Orange is The New Black" volta para 5º ano agitado na Netflix

| 09/06/2017 08:10:36

Novo ano de "Orange is The New Black", Arnaldo Antunes em Lisboa, a sensação Sofia Boutella causando no cinema e mais na coluna Bastidores

A quinta temporada de uma das séries mais badaladas da Netflix estreia nesta sexta-feira (9) na plataforma de streaming. Os 13 novos episódios de “Orange is the New Black” vão se resumir a três dias de ação no presídio de Litchifield. A quarta temporada terminou deixando os fãs com o coração nas mãos. Com a morte de Poussey (Samira Wiley), as detentas se rebelaram, gerando confusão na prisão. 

Leia também: "House of Cards" mantém qualidade em temporada mais tensa do que nunca

A nova temporada de
Jojo Whilden/Netflix
A nova temporada de "Orange is the New Black" estreia nesta sexta-feira (9)

O novo ano de “Orange is the New Black” chega depois de um verdadeiro imbróglio. Um Hacker invadiu a rede da Netflix e roubou dez episódios da temporada. O FBI investiga o caso. A série, juntamente a “House of Cards” foi uma das primeiras e bem sucedidas apostas da Netflix na produção de conteúdo próprio.

Leia também: "Orange Is The New Black", "Glow", "Jackie" e mulheres dominam Netflix em junho

Dia de índio

O MAR - MUSEU DE ARTE DO RIO acaba de inaugurar sua mais nova exposição, chamada “Dja Guata Porã | Rio de Janeiro indígena”, que é um um caminho entre a história e a contemporaneidade das culturas indígenas no estado do Rio de Janeiro. Idealizada pela equipe de pesquisa e educação do MAR e sob curadoria de Sandra Benites, José Ribamar Bessa, Pablo Lafuente e Clarissa Diniz, “Dja Guata Porã | Rio de Janeiro indígena”, foi concebida a partir da colaboração de povos, aldeias, movimentos e indígenas que residem no estado e na capital carioca e trata-se de uma reflexão sobre a realidade indígena no Rio de Janeiro hoje, bem como sobre o passado que desaguou nesse presente.

A exposição vai ficar em cartaz até março de 2018 e índio não paga.

A exposição “Dja Guata Porã | Rio de Janeiro indígena” já em cartaz no Rio de Janeiro
Divulgação
A exposição “Dja Guata Porã | Rio de Janeiro indígena” já em cartaz no Rio de Janeiro

Um brasileiro em Lisboa

Em sua tradição de celebrar efemérides com grandes projetos, Arnaldo Antunes escolheu comemorar os 35 anos de carreira com a gravação de um DVD ao vivo, seu sexto, em Lisboa. “A escolha de ser gravado em Lisboa aconteceu muito por causa do teatro. O São Luiz é um teatro lindo e muito especial”, explica. O cantor, no entanto, já estava à vontade em Portugal. “A gente fez cinco shows em Portugal: Aveiro, Braga, Viseu e dois no São Luiz, em Lisboa. Na verdade, quando surgiu o projeto de fazer esse DVD, a gente meio que adaptou um pouco o roteiro do show do ‘Já É’, que a gente já vinha fazendo há um ano.”

Sobre a longeva carreira, Arnaldo Antunes concilia reflexão e energia.  “Quando eu vou fazer uma música, quando vou subir num palco é sempre como se fosse da primeira vez, eu sempre parto do zero se não tiver isso não tem muita graça, você contar com uma segurança. Essa estrada não me dá segurança, na verdade, sempre tem um pouco de aventura, de querer fazer algo novo, é o mais sedutor pra mim”.

Leia também: Harry Styles fará dois shows no Brasil em 2018

Mariana Ximenes vai ao lançamento do documentário de Sarah Oliveira
AgNews
Mariana Ximenes vai ao lançamento do documentário de Sarah Oliveira

Além do primeiro single divulgado, a balada zen budista “Se Você Nadar”, o repertório inclui outras faixas do mais recente álbum de estúdio de Arnaldo, “Já É” (2015), como Óbitos, Naturalmente Naturalmente e a acelerada “Põe Fé Que Já É”. Passeando pela carreira de Arnaldo, somam-se ao trabalho músicas do álbum “Disco” (2013), além de faixas como “Alta Noite”, “Vilarejo” e “A Casa É Sua”, sem deixar de lado as fases titânica, com “Porrada”, e tribalista, com “Velha Infância” e “Passe Em Casa”.

Nova geração do pagode universitário

O nome da banda já nasce pop. O VamoAê!, que acabou de lançar o single “Alô Gatinha” , é formado pro cinco amigos que gostam de tudo um pouco e começaram a tocar juntos na faculdade.  A maior influência da banda é o samba, mas eles se dizem bastante democráticos na hora de fazer música, recebendo bem todos os estilos.

Muito cinema em Pernambuco

Inscreveram-se este ano no Cine PE 473 filmes, sendo 398 curtas e 75 longas. Os seis longas nacionais selecionados para a mostra competitiva são: “O Crime da Gávea”, de André Warwar (RJ); “Borrasca”, de Francisco Garcia (SP);“Toro”, de Edu Felistoque (SP); “Los Leones”, de André Lage (MG);“O Jardim das Aflições”, de Josias Teófilo (RS); e, por último,“O Caso Dionisio Diaz”, de Chico Amorim e Fabiana Karla (RJ), que deixa a Mostra Hors-Concours e passa a fazer parte da mostra competitiva.

O evento acontece entre 27 de junho e 3 de julho.

Do tempo em que Nicolas Cage era bom

via GIPHY

Neste mês de junho completam-se 20 anos do lançamento de “Con-Air – A Rota da Fuga”, um daqueles filmes que Jerry Bruckheimer fazia a torto e a direito e que hoje estão mais valorizados do que nunca. Nicolas Cage, que então reinava como astro absoluto em Hollywood, fazia um presidiário (inocente, mas isso é só um detalhe) que tenta conter uma rebelião em um avião lotado de prisioneiros barra-pesada. O cinema de hoje parece incapaz de produzir um final tão apoteótico como aquele ao som de “How Do I Live”, que foi indicada tanto ao Oscar como ao Framboesa de Ouro. Nic, we miss you!

E por falar em coisa boa...

Sofia Boutella está nos cinemas com
Divulgação
Sofia Boutella está nos cinemas com "A Múmia"

Considerada a nova sensação em Hollywood, Sofia Boutella está em cartaz nos cinemas com a nova versão de “A Múmia”, que tem Tom Cruise como atração principal. Mas ela é a grande razão para você assistir ao filme.  A argeliana despontou como a letal Gazelle em “Kingsman: O Serviço Secreto” (2014) e brilhou sob pesada maquiagem no último “Star Trek”.  Neste ano ela ainda vai pegar Charlize Theron em no aguardado filme de ação “Atômica”.  

Leia também: Hacker vaza nova temporada de "Orange is the New Black" após chantagear Netflix



Fonte: IG GENTE
Fonte: IG Gente