SÉRIE B

Depois do título da Copa Verde, Cuiabá quer vencer o Botafogo-SP

Jornalista Jonas Jozino | 23/11/2019 06:29:16

O jogo está marcado para às 16 horas.

Depois da brilhante conquista da Copa Verde, onde venceu por 1 a 0, no  tempo normal, com gol feito aos 49 minutos do segundo tempo e depois por 5 a 4, nas penalidades máximas, o Cuiabá, que sequer teve tempo de trazer seus jogadores para a Capital Mato-grossense para comemorar a façanha com sua torcida, volta a campo na tarde deste sábado, pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Vai enfrentar, em Ribeirão Preto, no interior paulista o Botafogo.

  O jogo é apenas para cumprimento de  tabela, mas as duas equipes prometem esforço em campo. O Cuiabá, mesmo desfalcado de vários  titulares quer ganhar para fazer uma grande festa com sua torcida no domingo, no final da tarde, quando a delegação desembarcar no aeroporto Marechal Rondon. O jogo está marcado para às 16 horas.

 Oficialmente ele não definiu o time que treinou na tarde de sexta-feira no gramado do Santa Cruz.

 Já no Botafogo, que por boa parte da competição esteve brigando pelo primeiro lugar da tabela e depois acabou caindo de produção e não tem mais chances de classificação, o técnico Hemerson Maria resolveu adotar o mistério quando perguntado quais jogadores vão começar jogando. Ele, a exemplo do Cuiabá, pode colocar vários reservas.

 O certo é que o zagueiro Plínio e o atacante Dodô estão vetados pelo departamento médico. A boa notícia é que Didi volta a formar a dupla defensiva com Luiz Otávio após cumprir suspensão.

 

FICHA TÉCNICA

 

Botafogo-SP   x      Cuiabá-MT     

 

Data - 23/11/2019

Horário - 16h00

Local - Santa Cruz - Ribeirão Preto (SP)

Árbitro - Deborah Cecilia C Correia (PE)

Assistentes - Clovis Amaral da Silva (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)

BOTAFOGO - Darley; Lucas, Luiz Otávio, Didi e Pará; Willian Oliveira, Marlon Freitas, Nadson, Murilo Henrique e Bruno José; Henan. Técnico: Hemerson Maria.

CUIABÁ - Victor Souza; Léo, Ednei, Anderson Conceição e Paulinho; Escobar, Moisés e Escudero (Renan Bressan); Lucas Braga, Felipe Marques e Jefinho. Técnico: Marcelo Chamusca