COPA FMF

Dom Bosco vence Mixto, se classifica e elimina rival

Redação 24 Horas News / Olhar Esportivo | 04/11/2018 20:06:15

Mixto sai na frente mas leva virada na segunda etapa e dá adeus

Foto:Luis Rodrigues

No Clássico Vovô que valeu vaga para a semifinal da Copa FMF de 2018, melhor para o Dom Bosco que venceu de virada o Mixto por 2 a 1, na noite deste domingo (04), na Arena Pantanal.  Com o resultado o Azulão da Colina terminou a primeira fase na terceira posição, com 10 pontos, já o Alvinegro está eliminado da competição com seis pontos ganhos.

O Mixto foi melhor na primeira etapa, e saiu na frente com gol de Bruno Pereira, em pênalti polêmico marcado pela arbitragem. No segundo tempo após alterações de Giani de Freitas o Dom Bosco voltou melhor e conseguiu a virada com gols de João Pedro e Claudeci.
 
O Mixto ainda teve um jogador expulso no segundo tempo, sem forças para reagir a Alvinegro pouco conseguiu produzir para buscar o empate, e viu a última chance de se classificar para a Copa do Brasil de 2019 acabar com o apito do juiz.
 
O jogo
 
Precisando do resultado positivo, o Mixto Esporte Clube foi para cima desde o início. Bem postado em campo, o Alvinegro ganhou o meio campo e em uma jogada trabalhada na linha de fundo saiu o escanteio da primeira boa chance de gol. 
 
Na cobrança do tiro de canto a bola foi ajeitada de peito e cabeceada por Bruno Pereira para o fundo do gol, mas o bandeira marcou saída de bola na trajetória até a área.
 
O Clube Esportivo Dom Bosco pouco ameaçou, a única boa chance do Leão da Colina saiu em cobrança de falta. A tiro direto era próxima a meia lua, José Igor bateu baixo no canto do goleiro, para boa intervenção de Rocha.
 
Aos 34 minutos de jogo, o lance polêmico da partida em que o juiz marcou pênalti a favor do Tigre. Alan Junior levou para a linha de fundo e cruzou para trás, o volante do Dom Bosco Renato chegou de carrinho dividindo a bola com Bruno Pereira na entrada da pequena área, o arbitro marcou pênalti para o Mixto. Na cobrança o próprio Bruno Pereira foi para a bola e bateu firme no canto esquerdo de Jefferson, deslocando o goleiro do Leão, 1 a 0 Mixto.
 
Na volta do intervalo Giani de Freitas tirou o atacante Matheus Vinicius para a entrada de João Pedro. Logo aos dois minutos José Igor fez boa jogada individual e bateu forte quase sem ângulo para mais uma boa defesa de Rocha.
 
Aos 17 minutos saiu o empate do Azulão da Colina. Em mais uma boa jogada individual de José Igor pela ponta direita, o camisa 10 deu drible desconcertante no defensor alvinegro que ficou no chão e cruzou para área, o goleiro cortou o cruzamento para entrada da área e a bola encontrou Claudeci, que bateu de primeira para o fundo do gol. Gol de empate do Azulão, 1 a 1.
 
Em mais uma jogada polemica da arbitragem, aos 23 minutos o juiz viu toque de mão intencional de Alan
Junior, que matou contra-ataque do Dom Bosco e deu vermelho direto para o meio campo do Mixto.
 
O gol da virada saiu em mais um contra-ataque do Dom Bosco. Aos 34 minutos Enio recebeu na linha de fundo e cruzou para trás, Claudeci bateu de primeira, Rocha fez boa defesa mas espalmou para o meio da área, João Pedro livre na pequena área apenas empurrou para as redes. Virada do Leão, 2 a 1.
 
Dom Bosco: Jefferson; Jô (Anderson), Guilherme, Boré, Natal; Renato, Claudeci, Kaian; José Igor (Enio), Matheus Vinicius (João Pedro) e Ramão 
 
Mixto: Rocha; Danilo, Giovanni, Marlon, Denilson; Couto (Daniel), Alan Junior, Lapa (Jonathas); Bruno Pereira, Yan, Brunno Danese (Renan)
 
Arbitragem: Luiz Paulo de Moura Pinheiro (juiz); Marcelo Araújo Ribas (assistente 1), Matheus Tavares Ferraz (assistente 2)
 
Cartões amarelos: Renato (Dom Bosco), João Pedro (Dom Bosco), Giovanni (Mixto), Yan (Mixto) Rocha (Mixto)
 
Cartão vermelho: Alan Junior (Mixto)

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News