Fã do United, McGregor fala sobre relação com futebol e exalta Cristiano Ronaldo

Ig Esportes | 18/03/2019 12:20:14

O lutador irlandês jogou muito futebol durante sua juventude e já foi descrito como uma

Um dos grandes nomes do UFC, o irlandês Conor McGregor revelou que antes de se tornar lutador, jogava muito futebol em sua infância, e contou o que leva do esporte pra dentro do octógono.

"Ao longo da minha juventude, fui grande no futebol. Eu jogava de atacante ou meio-campista. Se você fosse me colocar como jogador, eu era eficiente, devastador e esperto - semelhante ao meu estilo de luta. As habilidades aprendidas nessa idade juvenil jogando futebol - trabalho em equipe, liderança, comprometimento, dedicação e disciplina - sem dúvida foram transferidas para minha vocação esportiva de combate", disse MgGregor ao site da FIFA.

Ex-técnicos do irlandês o apontam como uma "máquina de fazer gols" e afirmam que ele poderia ter se tornado um jogador profissinal de futebol caso não tivesse escolhido o MMA. Ele não respondeu se isso de fato era verdade, mas deixou uma mensagem motivacional.

"Acredito que qualquer um pode fazer qualquer coisa se acreditar em seu objetivo e se dedicar ao seu trabalho. Isso vale para um menino ou uma menina querendo ser jogador de futebol, médico, cientista, astronauta ou músico. Seja o que for, você pode ter! Torne-se obcecado por isso - você pode ter o que quiser, se quiser o bastante".

Perguntado sobre qual seu time do coração, McGregor se declarou ao Manchester United e apontou dois ex-jogadores irlandeses do clube e Alex Ferguson como ídolos e inspirações no esporte.

"Eu era mais um jogador do que um torcedor naquela época, mas o Manchester United era meu time. Outro dia me deparei com uma foto antiga minha vestindo aquela infame camisa cinza do United, que comprei com meu dinheiro da Primeira Comunhão aos oito anos de idade. Eu vejo meu filho quando olho para aquela foto. Eu adoraria saber onde está agora. Uma camisa de futebol verdadeiramente "notória"! Fui atraído pelo sucesso e mentalidade vencedora do clube e das pessoas que cercam o United. Lendas irlandesas como Denis Irwin e Roy Keane eram dedicadas e tinham essa mentalidade vencedora. Roy Keane foi um dos melhores meio-campistas que o futebol europeu já viu. Os oponentes eram mentalmente espancados antes mesmo de entrarem em campo para enfrentá-lo. Então eles tiveram o ‘Don’ do futebol no comando, o lendário Sir Alex Ferguson. Ter tanto sucesso durante um período tão longo é notável e algo que eu continuo a aspirar. E ele fez isso alimentando jovens em estrelas e não gastando, gastando e gastando como alguns desses outros treinadores. Tem sido ótimo ver Sir Alex recuperando a vida e continuando nos jogos do United. Que paixão! Desejo a ele e a sua família tudo de bom".

Outro treinador com moral junto ao lutador é Solskjaer, que recuperou o bom futebol da equipe e classificou o clube para as quartas de final da Champions League, batendo o favorito PSG.

"OleGunnar é um homem especial! Eu acho que ele fez um trabalho incrível com o United. Eles têm que lhe dar o emprego permanentemente. Você pode sentir o orgulho e paixão que ele tem pelo clube e sua história, e ver os jogadores honrados em usar o emblema do Diabo Vermelho".

O lutador também elogiou Pogba e Rashford, jogadores que em sua opinião foram os que mais cresceram sob o comando do novo treinador.

"Paul Pogba e Marcus Rashford estão sendo particularmente excepcionais ​​com ele. Eles são atletas jovens, confiantes e destemidos que acreditam em suas habilidades. Veja como Rashford, aos 21 anos de idade e que nunca bateu um pênalti, após uma longa demora e com o peso do mundo nos ombros, cresceu e marcou contra o PSG. Que noite. Continuem, caras!".

Ao ser questionado sobre Cristiano Ronaldo, eleito cinco vezes o melhor jogador do mundo, e com quem já fez uma parceria comercial, Conor não poupou elogios e também classificou o português como inspirador.

"Cristiano é um atleta, pessoa e empreendedor fenomenal. Sua disciplina geral, atitude perfeccionista e dedicação a sua profissão é inspiradora e inspira muitas crianças a jogar futebol. Basta olhar o que ele fez de novo na Liga dos Campeões, aos 34 anos de idade, um hat-trick no apagar das luzes, com toda a pressão pelo campeonato. E contra o Atlético de Madrid, um dos melhores sistemas defensivos da Europa. Isso é inspirador! Somos ambos atletas disciplinados no topo do nosso jogo". 

Para finalizar, o irlandês provocou o ex-atacante do Manchester United Ibrahimovic, que certa vez afirmou: "Conor McGregor é o Zlatan Ibrahimovic do MMA".

"Eu respeito Zlatan e sua mentalidade vencedora e  positiva, mas vamos esclarecer: há apenas um Conor McGregor! Zlatan Ibrahimovic está tentando ser o Conor McGregor do futebol - boa sorte para ele. Zlatan e Paul Pogba são bem-vindos para vir treinar comigo sempre que quiserem".