COPA FMF

Operário perde parceria, confirma presença na Copa FMF e avisa que em 2019 passará a se chamar Flamengo de Mato Grosso

Redação 24 Horas News | 12/09/2018 15:24:31

Parma informou que o clube quer muito disputar a Copa do Brasil e, para isso, vai fazer todo o sacrifício, mesmo sem a parceira que já estava praticamente definida e foi cancelada na última hora. Segundo ele, o título é fundamental para a consolidação do novo nome do clube e a conquista de torcedores.

O Operário Futebol Clube, de Várzea Grande, não tem mais a parceria que havia sido fechada com uma empresa do Paraná para a disputa da Copa Federação Mato-grossense de Futebol, que terá início neste próximo final de semana. A união foi desfeita, segundo informou o diretor do clube, Parma de Oliveira.

Mas, apesar de perder a parceria que lhe renderia uma ajuda de 50% de todas as despesas do clube durante a competição neste segundo semestre, o Operário, que a partir de janeiro de 2019 vai passar a se chamar Flamengo de Mato Grosso, vai disputar a competição estadual, que dá direito a uma vaga na Copa do Brasil de 2019.

Parma informou que o clube quer muito disputar a Copa do Brasil e, para isso, vai fazer todo o sacrifício, mesmo sem a parceira que já estava praticamente definida e foi cancelada na última hora. Segundo ele, o título é fundamental para a consolidação do novo nome do clube e a conquista de torcedores.

Campeão da Segunda Divisão mato-grossense, o Operário, acredita que voltando à elite estadual, com o nome de Flamengo de Mato Grosso, vai poder sonhar com voos mais altos, inclusive chegar a Série A do futebol brasileiro. Mas, antes a diretoria terá de pagar um valor de R$ 30 mil a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a troca de nome. Os valores aos referentes aos SUS devidos a esses hospitais pela prestação de serviços.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News