Surfe: peruano Tomas Tudela vence QS 3000 em Arica, no Chile

| 24/07/2017 11:10:02

Surfista do Peru venceu nas ondas do El Gringo e garantiu 3 mil pontos no ranking do Qualifying Series, subindo 102 posições na divisão de acesso

Tomas Tudela venceu em Arica durante final de surfe peruana
WSL/ Rodrigo Farias Moreno
Tomas Tudela venceu em Arica durante final de surfe peruana

Em final peruana, Tomas Tudela derrotou o compatriota Alvaro Malpartida no Maui and Sons Arica Pro Tour. Nas águas geladas do Chile e ondas tubulares de 1,5 metros em El Gringo, o placar final terminou com a pontuação de 15.27 a 12.46. A competição teve início com 85 participantes de 14 países, dentre deles, 22 atletas que representavam o surfe brasileiro. Thiago Camarão foi o melhor canarinho na etapa, chegando nas quartas de final.

Malpartida foi quem venceu a etapa no ano de 2013 e nas semis deste ano chegou ainda a tirar nota 10 em bateria contra o norte-americano Jordy Collins. Mas na final, não conseguiu superar o surfe de Tudela, que conseguiu um 9.07 e um 6.20. "Alvaro é um dos meus ídolos e ele sempre me derrotava, então fico feliz por finalmente vencê-lo em um evento tão importante", disse o campeão.

 

"Este campeonato foi incrível e gostaria de agradecer a todos que tornaram possível um QS 3.000", afirmou Tomas Tudela . "Foi uma oportunidade incrível para os surfistas latino-americanos e ganhar aqui em Arica significa muito para mim. Pessoas de todo o mundo vieram competir aqui por causa da qualidade da onda. Muitos países da América do Sul, como Peru, Columbia, Equador e Argentina têm o potencial de hospedar eventos como estes".

 

Qualifying Series

A vitória em Arica fez com que Tudela subisse 102 posições no ranking da divisão de acesso à elite do surfe e agora o peruano ocupa a 49ª colocação. No topo da lista, o Brasil vem forte e representado por Jessé Mendes, Willian Cardoso e Yago Dora, nas três primeiras posições, respectivamente. Embora tenha perdido nas quartas, Camarão aparece na 24ª colocação do QS mas ainda é o primeiro colocado no ranking sul-americano.