Técnico é flagrado agredindo sua filha após discussão familiar; veja no vídeo

Jorge Luis Pinto ficou famoso por fazer uma bela campanha com a seleção da Costa Rica na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, chegando às quartas

| 12/08/2017 07:55:06
Verônica é filha do técnico Jorge Luis Pinto, que a agrediu após uma discussão familiar
Twitter/Reprodução
Verônica é filha do técnico Jorge Luis Pinto, que a agrediu após uma discussão familiar

O técnico colombiano Jorge Luis Pinto , que atualmente comanda a seleção de Honduras, foi flagrado agredindo a sua filha Verônica após uma discussão familiar. A moça estava ameaçando o ex-marido Andrés Villamizar com uma faca e o rapaz gravou com seu celular toda confusão que quase acabou em tragédia.

Segundo as autoridades, o vídeo de toda polêmica com o técnico é do dia 10 de abril deste ano, mas só agora vazou na internet. A revista digital "Semana", da Colômbia, foi quem divulgou as imagens.

Confira o vídeo:

Na gravação, é possível ver o treinador agredindo Verônica aos gritas de "aprenda a me respeitar". Segundo Andrés Villamizar, tudo começou quando a sua ex-mulher ligou para seu escritório de trabalho dizendo que iria maltratar o filho pequeno que tiveram quando ainda eram casados.

"Ela começou a me atacar com uma faca e seu pai impediu. Cheguei à casa deles com a polícia da Criança e do Adolescente para evitar qualquer coisa. Ela estava muito irritada e tentou me atingir, por isso Jorge Luis Pinto teve que agredi-la", comentou Villamizar.

Jorge Luis Pinto comandou a Costa Rica na Copa do Mundo de 2014
FIFA/ Divulgação
Jorge Luis Pinto comandou a Costa Rica na Copa do Mundo de 2014

De acordo com a imprensa colombiana, tanto Villamizar quanto Verônica prestaram queixa na polícia por conta de toda confusão. O ex-marido da moça disse que nunca encostou um dedo nela, e só ficou preocupado com o estado de saúde de seu filho, por isso chamou as autoridades para acompanharem a ocorrência.

O comandante

O técnico Jorge Luis Pinto tem 64 anos de idade e se destacou entre 2011 e 2014, quando dirigiu a seleção da Costa Rica que fez uma bela campanha na Copa do Mundo no Brasil, caindo apenas nas quartas de final. Depois que deixou o time costarriquenho, assumiu o comando de Honduras , ainda em 2014. Ele também já trabalhou na seleção colombiana, além de outros clubes tradicionais do país, como Millonarios, Santa Fé, Deportivo Cali, Junior Barranquilla e Deportivo Cúcuta.

 


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News