Zagueiro francês se aposenta da seleção e revela desgosto com título mundial

Ig Esportes | 15/10/2018 10:20:01

Koscielny ficou fora da Copa do Mundo por conta de lesão no tornozelo e afirmou que vitória francesa lhe causou um dano psicológico

Fora da lista de convocados da seleção francesa para a Copa do Mundo por conta de problema físico, o zagueiro Koscielny anunciou sua aposentadoria da seleção nacional e revelou um drama pessoal com a conquista de seus companheiros. 

Após realizar cirurgia para se recuperar da lesão no tornozelo, o zagueiro Koscielny, que disputou duas Eurocopas e um mundial, decidiu que não poderia contribuir mais com o time da França.

"Acho que dei tudo que podia pela França. Tenho 33 anos, estivem em duas Eurocopas e uma Copa. A França tem uma grande geração. Minha lesão não muda minha decisão: terminei com os Bleus. Sempre os apoiarei, porque segue sendo um time que representa nosso país, mas não vestirei mais a camisa", disse em entrevista ao "Canal+". 

O defensor se machucou em partida do Arsenal contra o Atlético de Madrid, pela Liga Europa em maio, cerca de um mês antes do mundial, e ainda não retornou aos gramados. 

O jogador afirmou ainda que a conquista de seus companheiros lhe causou um trauma psicológico maior que a lesão, e revelou ainda que em certos momentos não queria que a seleção francesa se classificasse. 

"A vitória da França me causou mais dano psicológico que minha lesão. Me senti muito feliz por eles, mas também com desgosto. Não pude me sentir campeão do mundo, como seriam 60 milhões de franceses. É uma sensação estranha. Durante a Copa, queria que a França se classificasse, mas ao mesmo tempo não queria", disse o zagueiro Koscielny.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News