QUEREM AUMENTO

Educação de Várzea Grande protesta contra falta de aumento salarial

Jornalista Jonas Jozino | 03/12/2019 10:24:11

Com o apoio do Sintep de Várzea Grande, a categoria está mobilizada e procura ganhar o apoio da população nesta luta por melhores salários.

O sindicato dos profissionais da Educação afirma que após a manifestação um grupo vai protocolar abaixo-assinado no gabinete da prefeita Lucimar Campos.

 Os professores da rede municipal de Várzea Grande paralisaram suas atividades nesta terça-feira. Eles realizam protestos em diversos pontos da Cidade Industrial e também no paço municipal, onde está o prédio da Prefeitura e Câmara Municipal, contra o não aumento salarial da categoria.

 Os profissionais da educação do municípios tentam pressionar a prefeitura Lucimar Campos (DEM) a garantir a recomposição salarial. Eles alegam que os salários estão defasados, além de reclamar da progressão de carreira, que não vem acontecendo.

 Com o apoio do Sintep de Várzea Grande, a categoria está mobilizada e procura ganhar o apoio da população nesta luta por melhores salários.

 "Nós trabalhadores estamos fazendo um abaixo-assinado para cobrar das autoridades competentes que tomem as devidas providências para o cumprimento das Leis que estão sendo desrespeitadas pela Prefeitura de Várzea Grande em desfavor dos servidores", explicou o presidente do sindicato, Juscelino Dias de Moura.

 Segundo a categoria, a Prefeitura de Várzea Grande não tem cumprido a lei de progressão de carreira, o que provoca perdas salariais que variam de R$ 300,00 à R$ 2.500,00 mensais. Eles alegam que desde 2015, quando a prefeita se comprometeu a promover o enquadramento, nada foi feito.