EMPREENDEDORISMO

Governo lança projeto para incentivar pequenos negócios em Mato Grosso

Jornalista Jonas Jozino | 20/09/2019 09:58:09

Política pública do Governo do Estado levará informação e qualificação para empreendedores

Para levar informação aos empreendedores de Mato Grosso e incentivar seus negócios, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) lança na próxima quinta-feira (26.09), às 19h30, o projeto Pensando Grande para os Pequenos. Durante a 11ª Feira do Empreendedor, no Centro de Eventos do Pantanal, haverá a assinatura do Protocolo de Intenções entre Governo e instituições parceiras. Antes, às 17h30, haverá uma palestra sobre o projeto.

Os pequenos negócios representam 89% das empresas, contribuem com 35% do Produto Interno Bruto (PIB), geram 66% dos empregos e 60% dos salários pagos, mas ainda não participam ativamente dos negócios nas cadeiras globais de valor do Estado.

“Este projeto é uma política pública de desenvolvimento dos pequenos negócios no Estado. Atualmente, há quase 80 mil micro e pequenas empresas e mais de 155 mil empreendedores individuais em Mato Grosso. Com uma política pública poderemos fazer crescer ainda mais a economia com desenvolvimento social”, ressalta César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico.

O secretário adjunto de Indústria, Comércio e Empreendedorismo, Celso Banazeski, acredita que após o lançamento, o projeto será muito procurado por empresários e pessoas que querem empreender em Mato Grosso.

“Estamos em um momento propício para levar qualificação e informação para os empreendedores do Estado. Temos a aprovação da Lei da Liberdade Econômica, que vai desburocratizar a abertura de empresas, e ainda com a regulamentação do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf) muitos empreendedores poderão expandir seus negócios”, afirma.

A Feira do Empreendedor ocorrerá de 26 a 28 de outubro, das 15h às 21h, com uma série de palestras e cursos. A entrada é gratuita para todas as atividades, porém o acesso às salas de palestras e oficinas será feito por ordem de chegada, conforme o limite de vagas estabelecido e capacidade das salas e auditórios. A expectativa de público é de 4,5 mil pessoas por dia.

Estão programadas 33 palestras, 25 oficinas, 27 palestras/TED (modelo com no máximo 20 minutos), sete painéis, cinco sessões de cine empreendedor, seguidas de painel sobre o mercado de audiovisual. São ao todo, 90 modalidades de capacitação como palestras, oficinas e pitchs nas áreas de vendas, atendimento, marketing digital, recursos humanos, entre outros.