ESPERANÇA TUCANA

PSDB ainda insiste para que o DEM permaneça na base aliada de Taques

Redação 24 Horas News | 16/04/2018 09:31:36

A aliança do PSDB com o DEM é improvável, mas os tucanos já contabilizam ao menos seis partidos engajados no projeto de reeleição do governador Pedro Taques. Borges desconversa, para não revelar as siglas, mas é certo que PSB, PPS e PSDC estejam com Taques.

O PSDB ainda não desistiu de ter o apoio do DEM na campanha à reeleição ao governador Pedro Taques, mas já trabalha com um plano B para viabilizar a candidatura do tucano e vencer o pleito ainda no primeiro turno. O presidente do Diretório Estadual, ex-vereador Paulo Borges disse que continua conversando com as lideranças dos Democratas e acredita que nas próximas semana poderá fechar a alança.

“Sem dúvida, o PSDB ainda luta para reestabelecer o Democratas no arco de aliança do governo. Mas temos de manter a nossa prioridade, porque, se não der certo, o jeito será trabalharmos com o que temos”, argumentou ele.

A aliança do PSDB com o DEM é improvável, mas os tucanos já contabilizam ao menos seis partidos engajados no projeto de reeleição do governador Pedro Taques. Borges desconversa, para não revelar as siglas, mas é certo que PSB, PPS e PSDC estejam com Taques. “Eu prefiro deixar a finalização dos partidos, para anunciar somente adiante, quando estiver realmente fechado”, observou ele.

“E é por isso que estamos percorrendo o Estado, dialogando com as bases, principalmente nas regiões mais distantes de Cuiabá”, enfatizou Borges júnior, que pediu demissão da presidência da Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI), no começo de abril.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News