TRASEIRO EM CHAMAS

Sentindo 'cutucada no ânus', homem depreda terreiro de Candomblé no Tijucal

Jornalista Jonas Jozino | 26/11/2019 16:39:33

Ainda irritado, com as cutucas que não paravam de lhe atormentar ele esperou que todo mundo fosse embora e que a “mãe de santo” fosse dormir para invadir novamente o terreiro. Tirou telhas e começou a jogar pedras, quebrando várias imagens.

 S.M.O., é vizinho de centro de Candomblé, no bairro Tijucal. Na madrugada desta terça-feira ele sentiu “cutucadas em seu ânus”, seguido de intensa coceira. Ficou apavorado. Achou que sua masculinidade teria ido para espaço. Apelou. Foi para a casa vizinha, arrombou a porta e armado com um facão quebrou tudo o que viu pela frente, até o carro da “Mãe de Santo”. Acabou preso, com o reto ardendo ainda mais.

A “Mãe de Santo”, disse que estava em casa, realizando seus trabalhos espirituais quando o vizinho entrou correndo, gritando e com um facão em uma mão e outra no “traseiro” coçando. Segundo ela, ele foi direto para seu carro, quebrando os vidros. Como tinha muita gente no local, acabou correndo para dar uma coçada no ânus.

Ainda irritado, com as cutucas que não paravam de lhe atormentar ele esperou que todo mundo fosse embora e que a “mãe de santo” fosse dormir para invadir novamente o terreiro. Tirou telhas e começou a jogar pedras, quebrando várias imagens.

A proprietária da casa acordou e saiu para ver o que estava acontecendo, momento em que flagrou o homem com o facão na mão, muito alterado e ameaçando a vítima.

Ela imediatamente chamou os policiais militares do 9º Batalhão do Parque Cuiabá, que foram até o terreiro e prenderam o homem, que teve de aturar as cutucadas e as coceiras no ânus na delegacia. Ele gritava que estava sendo perseguido pelas “macumbas” da vizinha.